Seguidores

terça-feira, 30 de novembro de 2010


Amor além da imaginação...

Você me acorrentou ao seu amor...
Eu fico todo sem jeito,
quando sou fitado pelo o seu olhar...
Parece duas pedras preciosas,
brilhando e radiando amor...
Seus lindos olhos têm poder sobre mim...
Me faz flutuar e viajar em sua direção...
Em busca de um cantinho no seu coração...

Quando vejo o seu corpo violino...
Os meus olhos ficam a igual dois sinos de bronze...
Brilhando e fazendo brincadeiras de cupido...
Tentando-te flechar e bagunçado o meu coração...

Quando vejo o seu sorriso em minha direção...
Fico como se tivesse os meus pés cimentados,
e lançado a minha ancora na encosta da ilha do amor...
Quando sinto o seu calor se aproximando da minha pele...
O meu estado febril se transforma num vulcão...
Arrebentado as rochas da solidão, e mudando a estação...
Se vez primavera nos meus olhos e verão no meu coração...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 30/11/2010
Código do texto: T2646273

Saudades...

A saudade tem duas fases...
Um traz boas lembranças, e a outra traz as perdas...
A boa lembrança vem como uma brisa de afago...
A outra vem como uma navalha e risca o coração...
Tem saudade que vem com um sorriso de amor...
Tem saudade quem vem com uma lágrima de dor...
Também tem saudade com lágrimas de alegrias...
Eu prefiro sentir saudades do tempo que passou...
Saudades de um grande amor,
ou de um amigo que não voltou...
Se um dia eu partir espero deixar boas saudades...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Seus lindos olhos têm poder sobre mim...

Me faz flutuar e viajar em sua direção...
Em busca de um cantinho no seu coração...
Seus olhos, estrelas guia do meu amor...
Parece duas pedras preciosas,
brilhando e radiando amor...
Olhos que mudou a minha direção e a estação do amor...
Tirou as folhas secas e os ventos úmidos da solidão de outono...
Acordou o meu coração da hibernação de inverno sem você...
Se vez primavera nos meus olhos e verão no meu coração...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 30/11/2010
Código do texto: T2646302

domingo, 28 de novembro de 2010


Amor na medida certa...
Poesias de amor são feitas com trenas...
As palavras são milimetricamente encaixadas nas entrelinhas...
São calculadas com precisão para entrar nos corações...
O sentimento e a emoção são colocados em vários ângulos...
E feito a raiz quadrado do amor e elevado ao cubo por dois...
Amor e amizade, paixão e atração, são as somas da raiz do amor...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 28/11/2010
Código do texto: T2641429

sábado, 27 de novembro de 2010


Fadinha do amor...

Voando entre as estrelas e brincando nas nuvens...
A fadinha vai espalhando amor por onde passa...
Nasceu com a missão de levar o amor aos corações...
Estrela da manhã que chega antes do sol,
tecendo um lindo dia...
Semeando nas janelas uma brisa da poção do sorriso...
Soprando nos corações o hálito perfumado do amor...
Abrindo as portas para solidão ir embora e dar lugar ao amor...
Essa é a missão da fadinha do amor levar a luz a escuridão...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 27/11/2010
Código do texto: T2640731

quinta-feira, 25 de novembro de 2010


Trópicos do amor...

Quando te amei me senti um verdadeiro rei...
O nosso amor passeava no trópico de capricórnio...
Entre delírios e fantasias além da imaginação...
Vivemos na mais bela estação do amor...
Passei o meu melhor verão nos seus braços...
Adormeci nos meus sonhos e acordei no seu...
No mundo encantado do amor, você foi a minha princesa...
Eu um sonhador a espera do seu beijo de amor...
Esperando os trópicos imaginários de amor chegar...
E nos seus braços novamente me entregar, e te amar...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 25/11/2010
Código do texto: T2637075


Minha amante...

Meu precioso diamante...
Que guardo em segredo esse amor,
esse ardor no meu peito de amor...
Minha Amante que mantenho distante...
Distante de todos e perto de mim...
Os seus beijos e o seu perfume e sabor...

Minha Amante que satisfaz todos os meus desejos...
Minha Amante que viajo nas mais loucas paixões...
Quando estou em seus braços, me desfaço em prazer...
Minha Amante que amo demais e seria capaz...
De voltar a traz e começar tudo de novo...

A cada dia te querer cada vez mais e mais...
Minha amante minha estrela brilhante...
Não vou deixar você nunca mais distante...
Minha amante, vou querer você a todo instante...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 25/11/2010
Código do texto: T2636981



Ausente...

Andei tão ausente de mim mesmo...
Que nem percebi o sol nascer nos seus olhos...
Não senti a primavera florir na sua pele...
Não escutei a sinfonias do seu coração...
Não senti o vento fazendo redemoinhos,
e escrevendo o seu nome na areia do amor...

Nem percebi o cupido me flechado,
e enfeitando o meu coração por você...
Os anjos assoprando ao meu ouvido o seu nome...
Tão ausente nem percebi, 
o quanto você é presente na minha vida...
Nem notei que a estrela que me guiava, 
estava indo em sua direção...
Fiquei tão ausente de mim mesmo,
 que chequei sentir saudades...

A dispersão quase devastou o meu coração...
Quase me levou em direção da solidão...
Já tinha jogado a minha âncora,
 e me transformado numa ilha...
Você me puxou pela mão,
 e me salvou da escuridão...
Me levou de volta ao caminho do amor...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 25/11/2010
Código do texto: T2636688

terça-feira, 23 de novembro de 2010


O amor vem assoviando uma canção...

Uma linda canção que fala de nós dois...
Um amor de almas, um amor de verdade...
Um amor que vai além da imaginação...
Um amor pra sempre que ultrapassa a constelação...
Um amor que não tem fronteiras e nem barreiras...

O amor vem cantando uma canção de amor...
Nos versos fala só de nós dois, dos nossos beijos e desejos...
Fala da sua candura e os seus olhos cheios de ternura...
Do brilho que sai dos nossos olhos ao se encontrar...
Que nem mesmo a distância, não consegue nós separar...

O amor vem declamando uma poesia...
Nada nesse mundo vai mudar o nosso amor...
O amor vem falando aos quatro cantos de nós dois...
Soltou voz no vento avisou o tempo...
O amor faz morada no coração desse casal apaixonado...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 23/11/2010
Código do texto: T2632903

segunda-feira, 22 de novembro de 2010


O amor esta chegando...

Feche os olhos e sinta,
o som dos passos largos do amor.
Sinta o perfume que se espalha pelo ar...
Sinta a brisa falando em seus ouvidos...
O amor esta chegando, e esta querendo você...

O amor vem assoviando uma canção...
Sinta o vento te abraçando e pegando em sua mão...
Querendo-te levar de encontro ao amor...
O arco-íris se fez ponte para o amor passar...
O amor vai chegar cheio de amor por você...

Vem querendo dividir todo esse amor com você...
Sinta as batidas do som do amor,
fazendo ecos no coração...
O amor vem nas asas de um beija-flor...
Trazendo nas mãos as mais belas flores...
Nos lábios as mais belas palavras de amor...
Abra o seu coração o amor chegou...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 22/11/2010
Código do texto: T2631262

domingo, 21 de novembro de 2010


Princesa dos meus sonhos...

Linda princesa de olhar de puro mel...
Seus lindos cabelos loiros, parecem fios de ouro ao sol...
Seus lindos olhos cor mel, duas bolas de fogo de ternura...
A mais bela entre as princesas tem um brilho natural...
Não precisa de maquiagem para mostrar a sua beleza...
Linda menina que tem na retina duas estrelas,
brilhando e a me olhar...
A bela princesa do olhar cor mel que encantou...
Princesa que encheu o meu coração de paixão...
A bela que me aparece na janela do meu olhar...
Linda menina num corpo de mulher...
Linda mulher que faz de mim o que quer...
Minha bela princesa que fez um castelo no meu coração...
A mais bela menina, que mora no meu coração...
Princesa que fez da minha vida um sonho...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 21/11/2010
Código do texto: T2628875

Eu sou o amor...

Eu vim numa missão divulgar o amor...
Semear nos corações a fruta amor...
Eu vim acender a luz em direção do amor...
Me deixa entrar no seu coração...
Quero fazer grandes transformações...
Vou mudar o seu humor e a sua visão...
Você vai ver o mundo com os olhos do amor...
Deixa eu entrar no seu coração...
Eu sou o amor que te ama com amor...
Eu preciso do seu coração...
Para cumprir a minha missão...
Deixa eu viver no seu coração...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 21/11/2010
Código do texto: T2628188


Assim sou eu apaixonado...

Imagine um homem apaixonado...

Assim sou eu, enamorado por você...

Assim é o meu coração apaixonado por você...

Te amando e te querendo cada vez mais...

Cada dia que passa, fico mais e mais apaixonado...

Te amando na velocidade da paixão...

Com os batimentos acelerados do coração...

Sem barreiras e obstáculos,

nos caminhos desse louco amor...

Assim sou eu amando você...

Um homem feliz e apaixonado...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 21/11/2010
Código do texto: T2628109

sábado, 20 de novembro de 2010


As distâncias!

Estamos tão longe,
e tão perto ao mesmo tempo!
Sinto falta do seu sorriso...
Do brilho dos seus olhos...
Longe dos meus olhos os seus olhos,
ficam tão distantes de mim...

Fico olhando as estrelas para lembra,
desses olhos lindos brilhando pra mim...
Sinto o seu coração tão perto de mim,
parece que posso toca-lo...
Sentir o som das batidas do seu coração...
sinto a falta do seu calor, sinto falta do seu amor...

Sinto que esta chegando a hora,
de te encontrar e encurtar as distâncias!
Quero novamente sentir o calor do seu amor...
Saciar os meus desejos e saborear os seus beijos...
Sentir os nossos corpos em estado febril de amor...
Vamos acabar com as distâncias e viver juntos pra sempre...

Ernane Rezende rabiscador de poesias

sexta-feira, 19 de novembro de 2010


Te amo demais...
Amo-te cada vez mais, te amo ao extremo...
Que não me vejo sem você em mim...
Temo e tremo só de pensar em ficar sem você...
Que a minha metade foi quase toda consumida por você...
Agora sou só um terço, as outras partes são suas...
Sem você a terça parte também será consumida...
Sem você serei só saudades, por isso nem pensar...
Eu só quero-te amar demais...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 19/11/2010
Código do texto: T2624223

quarta-feira, 17 de novembro de 2010



Não chore mais...
Porque choras, minha pequena flor...
Porque a tristeza se abateu sobre ti...
Não chore minha pequena flor,
o seu amor vai voltar...
Você não está sozinha, nesta tristeza...
Os anjos vão chorar contigo nesta perda...
Derramando chuva de lágrimas,
sobre o seu amor que partiu...
Molhando e esfriando os pensamentos,
que o fizeram partir...
Com gotas de lágrimas, de chuva vai beijar a sua face...
Os anjos vão em seu ouvido sussurrar...
Volte o seu amor te ama, é apenas uma crise de amor...
Assim que a chuva passar, o seu amor vai voltar...
Vai usar o arco-íris como ponte, para o seu amor passar...
Os anjos vão trazer o seu amor  de volta...
Ah! pode acreditar o seu amor vai voltar...
E quando o seu amor chegar, o seu choro vai acabar...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 17/11/2010
Código do texto: T2620968

terça-feira, 16 de novembro de 2010


Cigana me leva...

Me leva para o seu mundo de fascinação...
Vem ler a minha mão e o meu coração!
Me leva para as estrelas e me ensina a amar...
Me leva na sua dança, quero viver na sua alegria!

Viver junto aos Ciganos e seus encantos e magias...
Quero ser o seu cigano e te acompanhar!
Quero fazer parte dos povos das estrelas!
Ter a Lua Cheia como madrinha.

Quero Ter um espírito essencialmente livre...
Fazer da minha vida uma grande estrada...
A minha alma ser uma pequena carroça,
e a Divindade o Carroceiro.

Quero ser um cigano de alma sensível.
Lê os olhos das pessoas os espelhos da alma!
Tocar seus pulsos para sentirem o nível de vibração energética!
Fazer a celebrações da Lua Cheia, em torno das fogueiras acesas,
do vinho e das comidas, com danças e orações.

Também quero ver o que está escrito nas estrelas!
Vem-me ensinar a sua dança da sedução...
Vamos viajar além da imaginação...
Na noite de luar ti amar e ti entregar o meu coração.
..
Ernane Rezende rabiscador de poesias

O amor escolheu você...

Não tenha pressa em buscar o amor...
Ele vai chegar sem você perceber...
Não queira escolher o amor...
Não queira colocar rostos e olhos no amor...
Não queira pintar o amor da sua cor...
Porque o amor vai escolher você...
E quando ele te escolher vai-te amar muito...
O amor pode esta ao seu lado ou passando por você...
Ou talvez sendo preparado pra um dia lhe encontrar...
E quando lhe encontrar vai entrar pela sua retina...
E vai fazer morada eterna dentro do seu coração...
O amor vai-te encontrar e vai-te amar...
Porque você nasceu para o amor...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 16/11/2010
Código do texto: T2619569

As quatro estações do amor...

No nosso tempo só existe quatro estações...
Eu, você e nós e o amor...
As estações só têm brisas e amor...
Os nossos dias são todos azuis...
As nossas noites são todas quentes...
As madrugadas é um enorme lençol de sonhos...
Lá fora os anjos tecem um novo alvorecer de amor...
Preparando um lindo amanhecer de flores e fantasias...
Cada dia que passamos juntos,
é uma página do nosso livro de amor...
Vividos intensamente de amor e paixão,
nas quatro estações do amor...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 11/11/2010
Código do texto: T2610039

domingo, 14 de novembro de 2010


Amigo oculto...

O tempo é um companheiro invisível...
Quando percorre um longo percurso ao nosso lado...
Sempre deixa um sinal da distância, que percorremos juntos...
Deixa marcas no espelho e tonalidade nas têmporas...
Para lembramos Sempre que estará ao nosso lado...
Deste do primeiro passo até o ultimo suspiro...
Então aproveite o seu tempo e vida sempre feliz...
Para que o tempo seja generoso contigo...
E no último passo lhe dê um longo abraço...
E possa dizer fizemos uma boa caminhada...
Chegamos bem e com dignidade até aqui...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 14/11/2010
Código do texto: T2615098


Ninguém é...

Adulto suficiente aos dezoito!
Ninguém e jovem aos quarenta!
E ninguém é velho aos cinquenta!
Todos somos crianças após setenta!
Essas são as grandes mutações da vida...
No final voltamos sempre ao início...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 14/11/2010
Código do texto: T2614855


Fada ou sereia...

Talvez você seja a minha inspiração...
Ou uma doce ilusão que me faz pensar que te amo...
Talvez você seja a minha fada ou uma sereia...
Mexendo com minha imaginação...
Querendo-me lançar nos rochedos do amor...
Será que você é um amor sublime...
Será utopia ou quimera em devaneios,
das minhas loucas fantasias...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 14/11/2010
Código do texto: T2614794

sexta-feira, 12 de novembro de 2010



Como eu te amei...

Foi o melhor amor da minha vida...
Nunca mais vou amar assim novamente...
Mais a sua partida foi tão precoce, que ainda dói em mim...
Aonde você estiver saibas que eu te amei...

Agora vou ajuntando o que restou de mim...
Depois da sua partida fiquei meio perdido...
Estou tentando-me encontrar achar, alguma coisa para me apoiar...
Vou seguir com o meu coração trancado...

A minha sina é viver só com o sabor desse amor...
Um amor que tanto prazer me deu, e verdadeiramente me apaixonei...
Ah como eu te amei, vai ser difícil alguém ocupar o seu lugar...
Mais vou tentar suprir a sua ausência na minha vida...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 12/11/2010
Código do texto: T2611450


Mudanças...

Eu sinto a necessidade de mudar...
Quero tirar esse gosto amargo, de ter errado na escolha do caminho...
Cada passo que dou vai mudando o meu percurso...
Não quero ficar andando em círculos preciso achar o meu caminho...
A vida foi feita para mais acertos, e errar o menos possível...
Vou seguindo o meu destino procurando uma saída...

Em cada lugar vou deixando as minhas pegadas...
As voltas que a vida dá. e para gente tentar concertar os absurdos cometidos...
A vida te oferece vários caminhos, basta você acerta qual o melhor para seguir...
Eu vou tentando voltar do caminho que escolhi sem pensar...
Agora to tentando mudar o meu rumo, desviar o meu destino...

Fazer um novo traçado na palma da minha mão...
Vou olhando as estrelas talvez eu veja uma que vai-me guiar...
Mais sei que vou tentando mudar, sei que a estrada é comprida da volta...
Mais vou achar um atalho um desvio por ai, e tomar o rumo certo...
Não vou-me cansar de procurar até achar o meu caminho
E quando achar eu sei que vou mudar, ah! Vou mudar para melhor...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 12/11/2010
Código do texto: T2611133

quinta-feira, 11 de novembro de 2010


Se eu fosse você...
Eu voltava pra mim, não ficaria longe assim...
Se você fosse eu não sairia de mim...
Eu em você encontrei a felicidade...
Em você encontrei o amor e te amei...
Você em mim, me fez feliz me encheu de amor...
Sem você tudo é saudade e melancolia não há paz...
Sem você o amor fica ausente o coração hibernou...
Mais não me deixe solto talvez eu encontre outro você...
Se eu fosse você voltaria pra mim...
E nunca mais sairia de mim...
Ernane Rezende rabiscador de poesias

Te encontrei...

Nas curvas dos meus pensamentos te encontrei...

Nas passagens dos ventos, senti o seu cheiro...

O seu cheiro de jasmim passando por mim...

Nos braços da saudade, encontrei os seus beijos...

Nas noites de luar vi nas estrelas o brilho do seu olhar...

Nos meus sonhos senti as curvas do seu amor em mim...

Na madrugada vi o amor tecendo um novo amanhecer...

No despertar do dia você chegou com o raio de sol...

Em sua frente me curvei e me prostrei aos seus pés...

Amor igual ao seu debaixo do meu céu nunca apareceu...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 11/11/2010
Código do texto: T2609901

Insensível...

Sinto que você perdeu todos os sentimentos...
Você ama como se brincasse de bonecas...
Você brinca com o amor, faz dele o que quer...
Entra e sai dos corações sem remorsos...
Sinto que você ficou insensível sem amor...

Os sentimentos alheios pra você não têm valor...
Você perdeu a esperança já não ama mais...
Os seus olhos não tem mais o brilho de antes...
Um coração sem sentimentos é uma alma no escuro...
Você precisa acordar e provar o que é o amor...
Você precisa abrir o coração, para os sentimentos voltar...

Quero ver novamente o brilho do amor no seu olhar...
Pare de brincar de amar e ame sem maldade, ame de verdade...
Deixe o amor entrar no seu coração, e ame a vontade...
Deixe toda sensibilidade entrar e prove o gosto do amor...
Venha menina venha amar de verdade...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 11/11/2010
Código do texto: T2609638
A última poesia...

Este é o último verso que escrevo pra você!
Falta alguns segundos e algumas letras para o fim...
O fim do amor que tanto amei e me inspirei...
Também será a última gota de inspiração extraída de ti...

As últimas palavras desse grande amor...
O amor que me encheu de inspiração...
Enchendo as minhas poesias de alegria e amor...
Falta pouco e logo já não será mais a minha inspiração...

Vou fechar as portas e secar a fonte que vem de ti...
Vou encerrar as cortinas da inspiração...
Será a minha última poesia vinda de você...
Sim pra você será a minha última poesia de amor...

Hoje você já não alegra mais os meus dias...
Este é o meu último suspiro de amor...
Acabando o ultimo versos feitos pra você...
Vou jogar ele ao vento, e o vento vai levar pra você...
O tempo vai arrumar uma nova fonte de inspiração...
Ernane Rezende Rabiscador de poesias

É simples assim...

As palavras se agrupam e se misturam...

Depois cada uma procura o seu lugar...

Nas entrelinhas ela coloca o seu amor...

Como se fosse uma brincadeira de versejar...

As palavras vêm sorrindo e se divertindo...

Ciranda das palavras e versinhos de amor...

Ai vão formando versos de amor e amizade...

Pra ela fazer versos é simples assim...

Menina dos versos e das poesias encantadas...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 11/11/2010
Código do texto: T2609308

quarta-feira, 10 de novembro de 2010


Eu vi...

Os anjos ao seu lado, adoçando as suas palavras...
Soprando ao seu ouvido o meu nome...
Vi os anjos pintando o seu coração na cor do amor...
Eu vi o amor brilhar no seu olhar...
Eu me vi dentro desse olhar a me olhar...
Vi as estrelas nas mãos do amor...
Vi o sol mudar de direção, para lhe ver passar...
Vi o vento voltar e em brisa te beijar...
Vi o tempo parar e pegar na sua mão e caminhar...
Vi que só consigo ver você...
Vi que não vejo nada além de você...
Vi que não consigo viver sem você...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 10/11/2010
Código do texto: T2608530


Espelho meu...

Quando me vejo aqui assim, faço várias viagens...
Volto a minha infância doces lembranças que me faz sorrir...
Brincadeiras que ficarão para sempre na minha mente...
Ah juventude que me fez uma grande transição...

Me mostrou a diferença entre a fantasia e o real...
Mudou os meus pensamentos e ideais...
Ah espelho meu, que me acompanha e vê os meus passos...
O tempo que passou como um vento por mim...
Deixando as suas marcas em meu rosto...

Ah espelho meu, que me mostra a realidade...
Ah espelho meu, que tenta-me mostrar o futuro...
Ah espelho meu, um velho companheiro que guarda tantos segredos...
Já me viu chorar e já me viu sorrir me viu mudar varias vezes...
Ah espelho meu, fico feliz olhando você assim tão de perto...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 10/11/2010
Código do texto: T260835

Minha Afrodite...

Minha deusa do amor e do pecado!
Minha deusa Afrodite ,com as suas Cárites me encantou...
Afrodite espuma do mar do amor...
Vênus dos meus sonhos encantados...
Venha minha deusa grega me seduzir de amor...

Venha com suas magias, a brilhante e a verdejante...
A alegria da alma, juntas elas me enfeitiçaram...
Me deixou aos seus pés com as suas poções de amor...
Encantado me deixou e aprisionou o meu coração!

Minha Vênus que me ensinou a amar e ser amado!
Me transformou no seu escravo e me encheu de amor
Agora ficou esperando você chegar e me levar...
Esperando a sua dança e novamente o seu amor me aprisionar..
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 10/11/2010
Código do texto: T2608111

Que seja o que se deseja...

Que o amor olhe sempre, através dos olhos do coração...
Que o amor se alimente das purezas e da leveza da alma...
Que alma seja banhada pela luz maior...
Que seja o que se deseja deste que faça o bem...
Que da semente crie varias ramificações...
E se alastre e te abrace com muito amor...
Que a felicidade seja sempre a sua companheira...
Que assim seja sempre, que se realize o que pedires...
Quando se deseja o bem sem olhar a quem...
Que seja o que se deseja deste que seja o amor...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 10/11/2010
Código do texto: T2607969

Lágrimas em gotas...

Dos seus olhos colhi gotas de lágrimas de um adeus...
Da bela flor tirada do jardim antes do tempo...
Colhi das suas pétalas gotas de orvalhos gelados de dor...
Do meu íntimo arranquei suspiros de saudades de você...

Do meu coração em prantos com travas na entrada...
Só consegui ouvir batidas desesperadas de um amor partido...
Quanta dor que sai deu uma flor quanto esta distante do seu chão...
Quanta saudade tem um coração longe do seu amor...

Saudades são sempre lavadas com lágrimas das lembranças...
Quando uma saudade chega sempre vem acompanhada de uma lágrima...
As gotas que refrescam as pétalas das flores, também choram por elas...
Se transforma em lágrimas quando não sentem mais raiz...

Assim também é um coração, olhos choram de saudades...
Lágrimas caem de saudades, de amor e de alegria...
Chora coração mostra toda a sua sensibilidade em lágrimas...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 10/11/2010
Código do texto: T2607766

.Lágrimas em gotas...

Dos seus olhos colhi gotas de lágrimas de um adeus...
Da bela flor tirada do jardim antes do tempo...
Colhi das suas pétalas gotas de orvalhos gelados de dor...
Do meu íntimo arranquei suspiros de saudades de você...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 10/11/2010
Código do texto: T2607648

sábado, 6 de novembro de 2010



Perfumes, 
de água de cheiro...
Andei entre os jardins,
a procura das essências do amor...
Em cada flor, busquei o néctar,
o elixir do amor...
Colhi grãos, do mais puro pólen,
das rosas azuis...
Caminhei entre as planícies,
em buscas das flores silvestres...
Fiquei encantado,
com os seus belos perfumes...
Colhi das suas pétalas,
gotas de orvalhos gelados...
Busquei o gosto agridoce,
dos morangos selvagens...
Misturei com carinho,
e pitadas de amor, cada ingredientes...
Fiz uma água de cheiro,
para me banhar,
e esperar o amor...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 06/11/2010
Código do texto: T2600866

Fazer poesias é...

É brincar com as palavras...
É falar do amor com amor...
É falar da alma com a leveza da luz...
É extrair o melhor de si...

Garimpar os quatro cantos do coração...
Extrair o mais puro amor, o sentimento e a emoção...
É olhar com os olhos do coração...

Ter faro do amor e ter a essência da alma...
Andar sempre na luz do amor...
É se banhar na candura da pureza da alma...
É sorrir nas entrelinhas de cada verso...
Fazer poesia é tecer o amor...

Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 06/11/2010
Código do texto: T2600590

Me dê mais uma chance...

Ah seu pudesse voltar no tempo...
Se prostrar aos seus pés...
Implorar e fazer muitas juras de amor...
Por favor amor, só te peço mais uma chance...
Só com você eu senti o amor verdadeiro...
Sinta me e me toque, veja enquanto Falo com você...
O meu coração parece que vai explodir dentro de mim...
Me dê mais uma chance...
Eu vou-te dar provas do meu amor verdadeiro...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 02/11/2010
Código do texto: T2593674

Quero um amor assim...

Um amor que seja amor de fato...

Um amor que me deixe de quatro...

Um amor que me faça de gato e sapato...

Um amor que me ganhe no ato...

Que esteja sempre em contato...

Um amor que me deixe farto...

E me deixe extasiado de amor...

Quero um amor sublime...

Que tenha o cheiro e a cor do amor...

Um amor que me deixe encantado...

Que não seja deformado ou remendado...

Quero Um amor que tenha muito tato...

Um amor que me faça feliz de fato...

Por isso quero esse amor pra mim...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 06/11/2010
Código do texto: T2600143

A inspiração...

Vem como um vento, uma chuva temporal...

Tem que acolher logo senão se perde no espaço...

Ou volta para os olhos da musa amada...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 01/11/2010
Código do texto: T2591385

Lua nua...

Quantas vezes olhando os horizontes ...
Vi o sol com o olhar em brasa...
Acenando desesperado pra lua,
toda nua e intacta em fases...
Esperando um beijo apaixonado de adeus...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 01/11/2010
Código do texto: T2591215

Quantas vezes...

Quantas vezes... Passeei nos seus pensamentos...
Quantas vezes... Te amei nos seus sonhos...
Quantas vezes...Os meus toques te causaram arrepios de amor...
Quanta vezes...você acordou chamando o meu nome...
Quantas vezes... Adormeci nos seus braços...
Hoje tão distante da sua retina e do seu coração...
Nem sei se você ainda pensa em mim...
Mais ainda estou aqui pensando...
Em você, em nós em quantas vezes...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 01/11/2010
Código do texto: T2591363

quinta-feira, 4 de novembro de 2010


Lua luz...

Minha lua, minha casa, minha luz...
Lua cheia de luz e magias com as suas fases...
Ultimamente anda tão distante, o que andas tramando...
Creio que deve ser novos encantos para enfeitiçar os corações...
Inspiradíssima como és, sei que vai encantar muitos...

Acho que a lua deve está arrumando uma nova fase...
Vai mostrar a falcada ou a sua quinta faceta...
Oh lua encantada que sempre me aparece linda no céu...
Lua dos enamorados, lua nova, cheia, minguante e crescente...
Lua dos poetas, dos amantes e dos viajantes...

Oh lua que ilumina os meus desatinos das noites desvairadas...
Lua do quarto escuro que esconde os meus segredos...
Lua que me abriga na sua sombra após as boêmias...
Ah... Lua linda me espera que um dia vou fazer morada em teus quartos...
Ernane Rezende rabiscador de poesias

segunda-feira, 1 de novembro de 2010


O voo da liberdade...
Ainda me lembro...
Olhando os horizontes e vendo o sol com o olhar em brasa...
Acenando desesperado pra lua, toda nua e intacta em fases...
Esperando da amada um longo e quente beijo de adeus...

Quando você olhando nos meus olhos, e docemente me pediu ajuda...
Me ensina o caminho do sol. Quero ver de perto o eclipse...
Preciso alçar voos e alcançar a liberdade...
Me ensina a voar em volta do luar, quero ver a lua beijar o mar...

Sim sempre vou pegar na sua mão até você aprender a voar...
Quando estiver voando vou ficar ao longe te contemplado...
Vou-me lembrar quanto eu aprendi ao seu lado...
Quantas vezes por você, detive os meus medos...

Quantas vezes apertei a sua mão, pensando na solidão...
Na solidão que iria sentir ao ver você partir e conquistar o seu céu...
Mas em sentir que você estava feliz, me deu forças para continuar...
Peguei na sua mão e fomos de encontro a liberdade...
Buscando as pegadas das estrelas cadentes e sorridentes...
Vamos atrás do sol da liberdade e da lua da tranquilidade...
Ernane Rezende rabiscador de poesias
Publicado no Recanto das Letras em 01/11/2010